sexta-feira, 19 de abril de 2013

A GRAMÁTICA COMO SISTEMA DE REGRAS.





SN “o livro” o qual se forma também por uma relação entre DET e N, no caso “o” e“ livro” respectivamente. 
Toda essa estrutura sintagmática pode ser mais claramente visualizada no esquema abaixo, denominado diagrama arbóreo (ou simplesmente, árvore), que é a famosa maneira pela qual os gerativistas representam estruturas sintáticas.
Uma estrutura simples como esta é gerada, mas a não são suficiente para explicar como outra estrutura relacionada, como a voz passiva, seria formada a partir da estrutura de base, no caso, a voz ativa.
Os gerativistas estrutura a partir de uma outra previamente existente, estrutura profunda, estrutura superficial.
Na década de 1990, a ideia da transformação de uma estrutura profunda numa estrutura superficial seria abandonada em favor de uma visão que não mais representava, e sim as derivava sem que ela tenha de ser comparada com uma outra estrutura independente.
Que todo falam nativo do Português sabe que uma frase como “quantos livros você já escreveu?” é perfeitamente normal e pode ser fala do por qualquer um de nós sem causar estranhamento.
a)      Quantos livros você já escreveu?   gramatical
b) *Que livros você conhece uma pessoa que escreveu → agramatical
Todos os falantes de Português conhecem inconscientemente essas pequenas regras que acabamos de descrever e é por isso que entendem e produzem as frases de sua língua.
Esse conhecimento linguístico inconsciente que o falante possui sobre a sua língua e que lhe permite essas intuições é o que denominamos competência linguística o conhecimento interno e tácito das regras que governam a formação da língua.
Oque ocorreu não foi um problema de conhecimento, mas de uso, de desempenho, de performance da língua, pois é essa competência que torna o individuo capaz de falar e compreender uma língua.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário